Piadinha econométrica do dia

lucasSuponha um experimento (quase-)natural em que um país (ou um conjunto de países), subitamente, adote uma tecnologia de implementação/avaliação de políticas públicas feitas com regressões descontínuas, desenhos de experimentos, diff-diff, pareamento, enfim, todos estes métodos que estão em voga (sim, com instrumentos bons, escolhidos segundo os testes mais parrudos da literatura, etc).

Suponha também que um economista (ou um grupo de economistas) resolve medir o impacto no bem-estar das pessoas gerado por esta mudança usando esta mesma tecnologia e descobre que, na verdade, nada daquilo gerou impacto algum. Nada, zero, nadinha (já considerando questões de validação externa e interna, etc).

Pergunta malvada: um artigo com estes resultados seria publicado num journal top de linha ou seria boicotado pela academia por anos e anos? ^_^

Anúncios