bolivarianismo · esquerda anaeróbica · socialismo real

Mais nomes para italianos sedentos de justiça

Aqui.

Anúncios
Academia · economia política da academia · esquerda anaeróbica · pterodoxia

Dívida por Quilômetro Quadrado?

Estou me preparando para ler “A volta do Idiota”. Como? Lendo o “Manual do Perfeito Idiota Latino-americano” [Mendoza, Montaner e Llosa (o filho)]. Não havia lido ainda porque não costumava ligar para “eles” (talvez por puro desleixo, reconheço). Acho que estou de saco cheio, a idiotice chegou a um limite insuportável (pode ser bobagem ou uma avaliação tardia, mas avaliação é minha, assumo as devidas responsabilidades).

 

Entre tantas explicações e características apontadas pelos autores sobre o “idiota” me defronto com uma interessantíssima. A bíblia do “idiota”: ao contrário do que muitos poderiam esperar – “O Capital” ou “O Manifesto” – a bíblia tem que ter a mesma origem do “idiota” (claro que influenciada por referências estapafúrdias como as citadas acima). Trata-se de “As Veias Abertas da América Latina” de Eduardo Galeano. A revisão feita por Mendoza, Montaner e Llosa no capítulo III do “Manual do Perfeito Idiota Latino-americano” sobre o texto de Galeano é realmente hilária, mas uma passagem me prendeu e não tenho como não relacioná-la às pérolas ditas recentemente pelo “PROFESSOR do IPEA”. Lembram? Sugeriu que ao invés de normalizarmos as variáveis macroeconômicas pelo PIB, deveríamos agora fazê-lo pela área. Alex já deu uma breve aula sobre isso. De onde ele [o PROFESSOR] teria tirado essa brilhante idéia?

 

Não sei, mas……..Transcrevo agora a passagem na qual Galeano afirma que a alta taxa de crescimento populacional da América Latina não é [era] alarmante:

 

“Na maior parte dos países latino-americanos não sobra gente: ao contrário, falta. O Brasil tem 38 vezes menos habitantes por quilômetro quadrado do que a Bélgica; o Paraguai, 49 vezes menos que a Inglaterra; Peru, 32 vezes menos que o Japão”. (p.18)

 

Vou dizer mais o quê?

economia · esquerda anaeróbica · falhas de governo · IPEA · rent-seeking

IPEA…

Outro dia me contaram de uns blogueiros que disseram que o que ocorreu no IPEA foi correto do ponto de vista jurídico (sempre há uma lei, certo? Lembremo-nos de Hitler…). Uma das críticas era: se gente como Giambiagi quer livre pensamento, que vá para a faculdade. O IPEA é órgão do governo.

Ok.

Então alguém me explique como seria uma faculdade regida pelo pensamento único.

É fato. A esquerda anaeróbica, aquela que vê Opus Dei até em discurso de dono de boteco é ótima para se dizer imparcial, mas é péssima na hora de sê-lo.

brasil · esquerda anaeróbica · IPEA

O (o)caso do IPEA

Ontem passei por uma banca e li uma famosa revista pró-senhor-da-Silva (o dito presidente). A revista é tão a favor que o caso do IPEA foi tratado como uma conspiração “neoliberal” para dominar o debate. A autora da matéria ainda destaca detalhes burocráticos (não havia convênio disto, não se cumpria aquilo…). Pena que a revista nunca tenha feito detalhamento similar em outros casos como a inexistência de status jurídico de famoso movimento de invasores de terras ou, sei lá, no caso de jornalistas amigos-da-revista contra outros.

Aí, o Duke me publica isto.

Fica bem claro, para mim, onde está o pensamento único (defendido a qualquer custo).

brasil · CPMF · esquerda anaeróbica · lula

Matemática para políticos

Quanto o governo espera arrecadar com a CPMF de 0,38%? Algo em torno de R$ 40 bilhões, certo? Vamos fazer uma regra de três?

Se R$ 40 bilhões correspondem a 0,38%, que valor corresponderia a 100%?

Assim ensinou a nossa professorinha:
R$ 40.000.000.000,00…….. 0,38%
x ………………………………..100%

Multiplica-se em cruz e faz-se a divisão:
0,38x = R$ 40.000.000.000,00 X 100

x =.4.000.000.000.000,00
_________________________
……………………… 0,38

x = 10.526.315.789.473,68

E você chegará à conclusão, leitor amigo, que os R$ 40 bilhões correspondem à aplicação da alíquota de 0,38% sobre, atenção!: R$ 10.526.315.789.473,68. Se você tiver dificuldade de ler, eu ajudo: dez trilhões, quinhentos e vinte e seis bilhões, trezentos e quinze milhões, setecentos e oitenta e nove mil, quatrocentos e setenta e três reais e sessenta e oito centavos.

Sabe quanto é x? Mais ou menos cinco PIB’s do Brasil. É muita grana. Muita mesmo. Não admira que Guido Mantega fique tão ouriçado quando pensa em perder esta dinheirama. Ia ser um corte de gastos terrível.

bolivarianismo · brasil · esquerda anaeróbica · socialismo

Ideologia e doutrinação de menores

Eis uma preocupante tentativa de doutrinação em livros didáticos. Já o ensino superior não se sai melhor. Janer Cristaldo promete mais lenha na fogueira da doutrinação promovida pela esquerda brasileira para hoje.

O mais fascinante é que todos estes senhores doutrinadores que se dizem professores protestavam contra a tal “história oficial” da época da ditadura. Mal sabíamos que eles, na verdade, iriam ignorar qualquer pluralismo em prol do avanço de sua própria história oficial. Uma na qual, por exemplo, Che Guevara e Lamarca, notórios assassinos, são heróis. Uma na qual quem lhe faz oposição é “neoliberal”, “fascista” ou “de direita”.

Eu gostaria mesmo era de ver marxistas sérios se manifestarem contra este tipo de estultice. De modo bem suspeito, é difícil ouvir alguns dos famosos socialistas “científicos”  defenderem a ciência de seus algozes. É, amigo, só vale quando não é socialista, né?