Lei de Zipf · pandemia

Ainda a Lei de Zipf e o Covid-19 nos municípios brasileiros

Como exposto anteriormente, sigo com a estimativa diária da Lei de Zipf com dados municipais. O pessoal que compila os dados parece atualizar o dado diário mais de uma vez no dia seguinte. Sei disto porque o fato do número de casos de contaminados não cair de um dia para outro é um indicador de consistência da base de dados.

Por exemplo, hoje, 10/04, verifico que os dados de 09/04 não seguem, no momento, esta regra. Aliás, o número de observações, “n”, do dia 08/04 que, ontem pela manhã, era de n = 275, hoje é n= 324. Os dados de ontem (09/04) nos dão n = 178, o que não me permite uma confiança no resultado da estimação que fiz agora cedo.

Mas no período de 30/03 até 08/04, o coeficiente que nos dá uma ideia de se há um padrão Zipf evoluiu da seguinte forma: -0.767, -0.800, -0.823, -0.819, -0.825, -0.839, -0.827, -0.830, -0.833, -0.929.

Surpreende, apenas, o salto em 08/04. Vejamos, após a próxima revisão dos compiladores, se o coeficiente de fato terá mudado de patamar.

Um comentário em “Ainda a Lei de Zipf e o Covid-19 nos municípios brasileiros

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s