economia do futebol · economia dos esportes

Mais sobre o efeito mando de campo

Após nosso artigo na RAE, sigo notando que o tema – interdisciplinar, obviamente – segue em alta e, de vez em quando, vejo alguns artigos sobre o tema.

Neste artigo de 2016, por exemplo, busca-se analisar a influência da idade dos jogadores (e as suas expectativas) no mando de campo. A causalidade, como se percebe, segue sendo um problema.

Eis um trecho:

Similar to the increasing trend of home advantage across age groups youth players’ perception of a home advantage in their own league showed an increasing trend. It can be assumed that youth players experienced more home victories and adapt their estimation with increasing age. On the other hand, the increased expectation of a home victory could lead to more challenging goals in home games. A trend towards less satisfaction with a tie in home games compared to away games was found for older youth players. It is plausible that athletes set higher goals and are therefore more successful in home games. The importance of goals is widely acknowledged in sport sciences (Kyllo & Landers, 1995; Latham & Locke, 1985), yet with regard to home and away games very little is known (Staufenbiel et al., 2015).

O tema segue interessante, não?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s