Por que os escravos se revoltavam tão pouco nos navios negreiros?- A ideia de um projeto de tese para você

Artigo não tão novo assim. Eis o resumo:

Abstract
Given the substantial suffering of enslavement, why didn’t more slaves revolt during the Middle Passage of the Atlantic slave trade? We argue that the collective action problem was an important impediment to revolt. Revolts nearly always resulted in slave casualties, and crews tortured and killed conspirators. Overthrowing the crew benefited all of the slaves, so each slave had an incentive to free ride on others’ efforts to secure freedom. Using a rational choice framework, we argue that slaves could more effectively overcome the collective action problem when there were fewer slaves aboard, when there were fewer male slaves, and when the slaves were more homogenous. Data on slave voyages from 1750 to 1775 and archival and historical documents support these claims.

A inspiração do modelo teórico do artigo vem do famoso modelo da revolução racional, de Gordon Tullock. Ótimo, não? Ah, se alguém fez isso para o Brasil? Acho que não. Até onde entendi, os dados dos autores não incluem navios negreiros portugueses. Logo, esta é a dica do dia para sua tese.

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s