Dia dos Finados

Calhou de me lembrar do Olavo Rocha, o jovem que decidiu nos deixar após ter feito poucos, mas ultra-divertidos, vídeos de economia (alguns com tons mais liberais). Sempre me choca saber que ele não quis mais viver conosco. Pena que não pude conhecê-lo pessoalmente mas, graças a um amigo, consegui ler a monografia de graduação dele e, digo, foi uma perda irreparável.

Relembro também outros tantos finados tão importantes na minha vida – e outros nem tanto – e penso que o mundo continua um pouco mais triste aqui, ou pouco mais alegre ali. De onde eles estiverem, se isso for possível, o que pensariam de mim?

Tivesse um incenso aqui, hoje seria dia.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s