Estratégias substitutas, complementares…faz diferença? O caso do terrorismo

Veja o caso do terrorismo, tal como neste working paper:

When modeling why some groups become highly lethal (which we define as having killed more than 100 civilians in terrorist attacks in any year or causing more than 100 battle deaths in any year), we find that: • VNSAs are more likely to kill many civilians in one year when they control territory and when governments use violence, or what we call a stick strategy, against them; • VNSAs are most likely to kill many civilians in one year when governments use a mixed strategy – that is, a combination of violence (stick) and negotiation (what we term a carrot strategy) as opposed to either stick or carrot alone; • VNSAs are most likely to inflict more than 100 battle deaths in one year when they control territory, are highly connected to other VNSAs, and are large (though there is a strong relationship between size and controlling territory); • VNSAs are less likely to inflict more than 100 battle deaths in one year when they have a formal political party. [p.1 (abstract)]

O trecho em negrito é por minha conta. VNSA diz respeito a Violent NonState Actors, ou seja grupos violentos não-estatais. Não entram na classificação – salvo engano – grupos como black blocs brasileiros, embora isto seja discutível. De qualquer forma, o estudo tem uma restrição na composição da amostra: apenas Norte da África e Oriente Médio (o período amostral é 1998-2012).

No caso, encontra-se (usando-se um modelo logit):

Turning first to the terrorism results, when a Stick strategy is used, the probability that a group is highly lethal increases to 7 percent (See Figure 1). This is a 106 percent increase in the probability or a 3.6 percentage point increase over baseline. When a Mixed strategy is used the probability that a group is highly lethal increases to 34 percent. This is a 900 percent increase in the probability or a 30.6 percentage point increase over baseline. [p.9]

Mas o que significam as estratégias carrot stick? Os autores do estudo fazem a codificação de sua base de dados com uma definição para as estratégias que os governos podem usar contra os VNSA:

1) Do nothing: Have no observed strategy; 2) Carrot: Negotiate, meet with, or make concessions to a VNSA; 3) Stick: Use violence, policing, military strikes or other kinetic actions; 4) Mixed: Use a combination of violence and negotiation (carrots and sticks) [p.5]

Não me lembro agora, mas creio que existem estudos similares em Economia do Crime, comparando a eficiência de diferentes tipos de estratégias no combate a diferentes tipos de crime. Caso alguém se lembre de alguma referência, bem, a caixa de comentários está aí para isso.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s