Por que nem todo atleta de uma ditadura tenta fugir em uma Olimpíada?

Porque o custo pode ser maior que o benefício. Pensei nisto ao ver esta matéria sobre os atletas cubanos. Não é bom você ser um dos poucos em seu país a poder desfilar na abertura de uma olimpíada com elegância? Melhor dizendo: nem nas ruas de Havana o sujeito poderia andar assim.

Em 1993, William Shughart e Robert Tollison publicaram o que, para mim, é um dos artigos mais interessantes sobre esportes e ditaduras. Você pode obtê-lo clicando aqui (claro, você deve ter um perfil no Academia.edu).

Pois é, não é apenas aquela questão de se as olimpíadas geram ganhos para o país. É possível estudar também os incentivos que atuam sobre o desempenho dos atletas. Como no restante da economia, a Economia dos Esportes tem possibilidades de estudos macro e micro.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s