Cultura pró-mercado e felicidade gay andam juntas?

Como prometi ontem, eis aqui uma correlação simples e interessante.

gay_2

Em escala logaritmica, temos o valor do índice de felicidade gay no país e a medida de cultura usada por Claudia Williamson em um artigo (e por mim, Ari e Pedro neste). A medida de cultura é compatível com a aprovação social do mecanismo de mercado como forma de alocação de recursos.

Ainda estou buscando tempo para uma análise mais apurada, mas esta talvez seja mais uma evidência de que o pessoal LGBT não quer, mesmo, viver sob teocracias ou sob ditaduras bolivarianas. A evidência histórica de perseguição a este pessoal sob estas ditaduras, aliás, não desabona esta correlação.

Claro, não dá para falar muita coisa com uma simples relação entre duas variáveis, mas já é um começo, não? Ah sim, aposto que a emporiofobia não é uma característica aprovada pelos gays, mas isto fica para mais tarde.

Anúncios

Uma resposta em “Cultura pró-mercado e felicidade gay andam juntas?

  1. Pingback: Breves Reflexões sobre o atentado em Orlando: instituições, liberdades, emporiofobia e violência | De Gustibus Non Est Disputandum

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s