Uncategorized

Momento Relax

Vamos ouvir uma música (originalmente deste filme do que ficou conhecido no Brasil como “Patrulha Estelar”).

Anúncios
Uncategorized

Redução da Maioridade Penal – Mitos, diversidade…dados para você se divertir!

Dicas que vi na internet: esta e, embora menos confiável, a Wikipedia. Cuidado porque você pode se surpreender com a diversidade de idades mínimas. Quem curte a Venezuela, por exemplo, vai se decepcionar com o modelo bolivariano que, vamos lá, “não educa, mas prende”.

chavez

Taí uma variável (instrumental?) interessante para sua monografia de conclusão de curso sobre os impactos econômicos da violência, né? Fica aqui a dica. Não se esqueça de agradecer ao blog pela idéia.

Uncategorized

Momento R do Dia – Então você baixou os dados do IPEADATA…

Eis meu problema. Tenho a série da variação do PIB trimestral e preciso do desemprego também trimestralmente. O ponto é que não temos a medida do desemprego trimestral, apenas mensal.

Sei que há problemas em se agregar dados no tempo, mas preciso fazer isto. Do IPEADATA, obtive o desemprego mensal e usei o pacote zoo para importar os dados em formato de séries de tempo (há formas mais simples de se fazer isto, mas não custa aprender um jeito novo…).

Assim, após importar os dados, criei um objeto de séries de tempo anexando a data aos valores do desemprego e, finalmente, usei o comando aggregate para criar as médias trimestrais.

library(zoo)
date2<-seq(as.Date("2002-03-01"), as.Date("2015-05-01"), by="month")
data2<-read.csv("C:/meudiretorio/desemprego.csv",header=TRUE, sep=",",na.strings="NA", dec=".", strip.white=TRUE)
head(data2)
data2<-c((data2$desemp))
data2 <- zoo(data2, date2) 
plot(data2) 
data2q.mean <- aggregate(data2, as.yearqtr, mean) 

Pronto, a série já está em frequência trimestral e seus valores são as médias aritméticas trimestrais simples. O resto do trabalho? Bem, isto é outra história…