Entenda a crise grega

Ronald Hillbrecht nos ajuda a entender um pouco da tragédia grega.

Na conclusão, algo importante:

Entretanto, fica o lembrete: sair do euro para poder desvalorizar sua nova moeda apenas reduz os gastos correntes, permitindo que o país sobreviva à margem dos mercados financeiros. Mas ela não resolve os problemas de falta de crescimento de produtividade que comprometem a prosperidade do país.

Sei não, fosse eu um grego sério, pediria para ser protetorado da União Européia (ou da Alemanha) embora, sim, esta seja uma proposta de difícil aceitação popular. Mas eu penso um pouco naquela idéia do Romer, de cidades-estado.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s