Degredados…e o agente-principal

Sempre digo que a gente tem que ter bons amigos. Um deles, por exemplo, é o Fernando Zanella, que fala de História Econômica de forma séria. Veja só este último artigo dele.

Um trecho ótimo:

Here we identify them as agentsdue to their role in carrying out instructions of the principal (Portuguese) to facilitate trade and settlements by gathering information and minimizing transaction costs. However, as we shall see later, many — if not most — degredados became brokers by trying to forge a common ground between the Portuguese and the natives to produce agreements of mutual benefits. Actually, some of them, castaways and degredados alike, became so integrated into the natives’ lifestyle that they refused to return to Portugal despite promises of reward and even financial compensation.

Acho que todos aqueles que já leram um pouco sobre a colonização portuguesa na África hão de se lembrar dos tangomanos e de como o governo português, inicialmente otimistas com suas atividades no continente, viria a romper laços com os mesmos por conta da concorrência criada por seus, outrora, agentes.

Caso eu pudesse contribuir para este ótimo artigo, eu diria que o que Zanella e seu co-autor relatam para o Brasil é também o que eu vi em minhas pesquisas sobre a colonização portuguesa na África.

Um ótimo artigo. Recomendo.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s