Uncategorized

A Economia da Indústria Pornográfica

Este deve ser o melhor exemplo para uma sala de aula (sem ironias). Por que?

1. O que é um “bem” (ou um “serviço”)? – Muito aluno acha que um copo de água é um copo de água, seja no deserto do Saara, após uma semana de caminhada, ou um copo de água à beira da piscina. Bem, da mesma forma, o que é um “bem” no mercao pornográfico? O ato sexual no filme ou em um site cam to cam são a mesma coisa?

2. A tecnologia – Muita gente pensa que a tecnologia é alguma coisa associada a foguetes, mísseis e outros objetos de dupla interpretação, como diriam os “Cassetas”. Pois é. Mas tecnologia é muito mais do que isto e não me refiro ao conceito de choques tecnológicos do pessoal de Real Business Cycles. A matéria ilustra bem como a tecnologia flexibiliza as opções de trabalho de atores e atrizes pornô.

3. Substituição e Complementaridade – Sim, o horror de alunos que estudam Microeconomia de verdade (ou seja, com Estática Comparativa). Horror por preguiça mesmo porque, claro, é a coisa mais óbvia do mundo. Tem gente que se pergunta sobre o porquê de estudar isto. Bem, a matéria mostra o quão importante é, na vida real, saber o que é atividade complementar e substituta. Afinal, uma moratória na indústria pornô significa queda de renda. Se a mesma é temporária ou permanente é algo que pode ser difícil de identificar (embora eu desconfie que não).

4. Homogeneidade dos bens? Insumos específicos? – O mercado pornô é um belo exemplo de como o sexo não é um mercadoria homogênea. Tal como no cinema mainstream, a diferença entre atores e atrizes pode ser marcante. Há fãs! Agora, o quanto disto pode ser convertido em poder de barganha é outra história.

Enfim, há vários motivos para se falar da pornografia em sala de aula e nenhum deles tem a ver com os hormônios dos alunos(as) embora, sim, usar os hormônios dos mesmos para lhes aumentar o capital humano é algo desejável para a sociedade, lembrando que não é o tamanho do capital humano o que importa, mas sim a rentabilidade que ele proporciona.