Uncategorized

Belohorizontino e o fundamentalismo islâmico

Sujeito recebe uma fechada de uma motorista que leva um filho para o colégio. Sobe no meio-fio, avança e fecha a mulher, como em um filme policial. Sai do carro e esmurra o vidro da janela. Depois sai e, quando a mulher tenta seguir seu caminho freia. Não há batida. Não satisfeito, dá ré.

Honestamente, qual a diferença para alguém que não sabe o que é direito de expressão e intolerância? Quão longe estamos de um bárbaro que mata quem discorda de suas opiniões?

E cadê o poder público? Tá preocupado em arrecadar e ganhar eleições. Banana para os eleitores, que têm memória fraca. Os mesmos eleitores que adoram mamar em um rent-seeking mas reclamam quando sofrem as consequências dos favorecimentos, do descumprimento da lei.

Selva? Não. Na selva há alguma harmonia, ainda que precária, entre presa e predador. O Brasil está abaixo disso. Belo Horizonte está abaixo disso.

Pelo menos é o que dizem meus amigos. Dá para discordar?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s