Uncategorized

Cola

Luciana Yeung, do Insper, fala sobre “cola”.

Eu me lembro de um artigo no Journal of Economic Education sobre o tema. Basicamente, os autores encontravam uma correlação positiva entre corrupção de um país e uma medida de “cola” nas escolas. Em outras palavras, independentemente da lei dar muita importância à “cola” (exemplo da Luciana para os EUA, em meio à sua argumentação), existiria uma relação, digamos, maligna, entre “cola” e corrupção.

Ponto a se pensar: independente dos incentivos, por que será que sempre sinto que o problema é citado como “preferências inatas e genéticas/culturais de um povo” (exceto no post da Luciana)?

p.s. No video de propaganda do blog a Carolina, do Inper, fala de um filme que me pareceu ser interessante. Alguém conhece?

Anúncios