Uncategorized

O que acontece quando um atropelado encontra o atropelador?

Não vou entrar no mérito do julgamento (ou linchamento) moral do atropelado que tentou agredir o atropelador “só porque” ele mentiu e não lhe prestou socorro (*). Nem acho que ele está correto em enxergar “tanta indiferença” (talvez tenha um pouco de razão, mas creio que estava bem menos racional, como ele mesmo disse, ao escrever o post do que o normal), mas ainda assim, ele tem um ponto.

Pena mesmo é ele não ter levado o motorista aos tribunais. Afinal, este é, realmente, um caso de vida ou morte.

p.s. e o motorista, pelo relato, nem parecia estar minimamente alcoolizado. Ou seja, foi incompetente mesmo.

(*) sim, meus caros, é óbvio que fui irônico…

Uncategorized

Mochi de melão

Realmente, Belo Horizonte não é São Paulo. Se fosse, o mochi de melão importado (ou mesmo o nacional, da Satsumaya) chegava aqui. Bem, talvez a demanda seja baixa porque o mineiro é muito conservador. Ou seriam os custos de transporte? O mochi de melão merecia um fim melhor do que ser consumido apenas pelos paulistas. ^_^