Uncategorized

Quem poderia identificar o menino do MEP?

Alguns cooptados e um assassinado.

História muito suja e que merece investigação séria. Claro, na selva, isso não só não ocorrerá como transformarão – na tradição coronelista brasileira – vítima em algoz. Aposto.

Uncategorized

Regra simples: siga a regra

Então você diz, no início do semestre, que não pode ter um celular em cima da mesa durante a prova. A partir daí, qualquer violação desta regra deveria ser punida. Ponto final. Qualquer desdobramento a partir do ilícito é de responsabilidade do (ir)responsável que não cumpriu a regra.

Funciona assim em países neoliberais e primitivos como EUA, Alemanha, Japão ou Suíça. Mas, na selva, este lugar que serve de fossa para experimentos bolivariano-heterodoxos (mata o Bambi, tio, mata!), as coisas são mais complicadas.

Uncategorized

O avanço totalitário

Os bolivarianos – nome dado aos socialistas, por eles mesmos, para se desvincularem de sua história manchada de sangue alheio – buscam derrubar o último (suposto) obstáculo que lhes atrapalha: o controle da imprensa. Obviamente, a RSF, que adora reclamar de perseguição a jornalistas, ainda não foi capaz de se tornar mais eloquente diante destas notícias (sic).

Obviamente (de novo), a resposta para estes ultrajes governamentais não deve se basear em alguma imagem mitológica do jornalista enquanto “herói que busca a verdade”. São todos uns auto-interessados, como os economistas, leitores deste blog e outros seres ditos humanos. O ponto é que a busca do auto-interesse é bom para a imprensa: significa mais vontade de fiscalizar o governo ou a oposição. Ao tentar controlar a imprensa, regular seu conteúdo, etc, age-se como no clássico 1984 de George Orwell (que o pessoal da esquerda odeia ler), na tentativa de controlar, em algum momento do futuro, o que você, leitor, pensa.

Lamentável mesmo é que a RSF nem se manifeste.

p.s. outro momento imbecil da esquerda latino-americana (e do bolivarianismo iraniano): o multiculturalismo de um único lado. Dá para prever o aumento do consumo de alfafa na América Latina…