Uncategorized

Por que Lula deveria amar Gustavo Franco?

Porque o multiplicador dos gastos públicos é maior sob câmbio fixo. Piadinhas à parte, eis mais uma evidência de que a teoria econômica tradicional vai bem, obrigado.

Anúncios
Uncategorized

Olimpíadas e Economia

O Alex Schwartsmann tem um interessante ponto no seu blog sobre o tema. Quem o conhece, sabe que o sujeito é um cavalheiro e não é idiota. Nos comentários do post citado, pude ver que não sou o único a receber comentários que conjugam o pior do português com o pior da boa educação (ou seja, a má educação total). Claro, se ignorarmos os comentaristas do tipo pré-Homo-Sapiens, temos coisa interessante para ler de vez em quando.

Mas o fato é que o tema da relação entre economia e os esportes (ou as olimpíadas) – muito mal exposto pelo presidente da Silva, como de hábito, com seu improviso macunaímico, cheirando a romances tropicais de banca de jornal, sentimentalismos infantis (“não falo mais sobre Honduras, humpf” e afins), poesias tropicanais (hum…) – é importante do ponto de vista científico. Com exceção dos que só querem um resultado econométrico imediato, há, sim, muito o que estudar sobre o benefício líquido de se sedir uma Olimpíada. David Henderson, por exemplo, fala disso aqui.

Sim, você pode usar o google e encontrar mais artigos interessantes. Aos interessados: mãos à obra!

Uncategorized

Introdução à Macroeconomia

Não sei se os assessores da área econômica alertaram o presidente, mas gasto é gasto e investimento é investimento. Em caso de dúvidas, recomendo os primeiros capítulos do famoso manual de Macroeconomia do falecido prof. Simonsen e seu co-autor, o prof. Cysne.

A leitura pode ser de difícil compreensão (ou dar sono) e, assim, é recomendável consultar algum material mais simples. Aposto que uma boa busca no Google ajuda. Sempre há um powerpoint feito para alunos do primeiro período de algum curso superior.

p.s. talvez uma leitura mais adequada (avançada) seja o manual de finanças públicas do Fábio Giambiagi e Cláudia Além. Também é uma boa leitura para deputados, vereadores, prefeitos, governadores e senadores que não conseguem distinguir corretamente entre gastos, gastos permanentes, gastos provisórios, ou mesmo não entendem direito o significado de restrição orçamentária (intertemporal), contabilidade, balanço, etc.

Uncategorized

Polícia privada: um experimento anarco-capitalista?

Se o governo cria, é um experimento anarco-capitalista? Pode ser uma consequência não-intencional da política do governo italiano, mas…(trecho):

– A proliferação dos grupos de patrulha cidadã desde a legalização da prática pelo governo, no início do ano, vem dividindo a Itália.


Os defensores desses grupos, formados por cidadãos comuns para supostamente ajudar no combate ao crime nas cidades, argumentam que eles ajudam a manter a lei e a ordem. 

Mas os opositores da ideia afirmam que seu objetivo final é a intimidação, especialmente de imigrantes. 

Os grupos formados por voluntários têm autorização para patrulhar as ruas, mas sem armas nem remuneração.

Algumas prefeituras brasileiras usam uma guarda metropolitana que também não usa armas, embora seus membros sejam remunerados. Mas o que dizer de grupos voluntários que defendem a ordem pública? É algo parecido com o que a polícia norte-americana fazia (ou ainda faz?) com os voluntários grupos de pessoas que mantinham segurança em determinada área não?

Não sei se os voluntários reprimem imigrantes mais do que a polícia oficial italiana, como dizem alguns. Pode até ser que ocorra o oposto. De qualquer forma, eis um interessante problema de bem público a ser discutido.