Uncategorized

Fanatismo econômico

Como sabemos, o fanatismo econômico gera os comportamentos mais estranhos. Um deles é querer atribuir ao guru poderes místicos. Eis um exemplo.

Anúncios
Uncategorized

Correntes de mensagens sobre boicotes que, nem em sonhos, funcionam

A corrente maluca que chegou à minha caixa postal mostra a importância de se ensinar Economia às massas. Vou resumir os trechos e comentá-los intercaladamente:

GASOLINA – vamos deixar ir a +de R$ 3,00 o litro???
Se fizer sentido para você,…..
FAÇA A SUA PARTE
GASOLINA, como poderemos baixar os preços???
NÃO DEIXE DE LER…
(Vc se lembra do Criança Esperança???)
A UNICEF e a Rede Globo abriram as pernas…..
Foi a força da Internet, então continue a ler.
Não deixe de participar, mesmo que vc HOJE não precise abastecer seu carro com gasolina!!
Realmente, se trabalharmos juntos poderemos fazer alguma coisa.
Ou vamos esperar a gasolina chegar aos R$ 3,00 o litro???
Mas, se você quiser que os preços da gasolina baixem, será preciso promover alguma ação lícita, inteligente, unindo a cada vez mais gente!!!
Existia uma campanha que não faz MUITO MAIS SENTIDO.
A campanha: ‘Não compre gasolina em um certo dia do mês ou da semana ‘ que foi popular em abril ou maio passado.
Na América do Norte as Companhias de petróleo se mataram de rir porque sabiam que os
consumidores não continuariam ‘prejudicando a si mesmos’, ao se recusarem a comprar gasolina.
Era mais uma inconveniência ao próprio consumidor, que um problema para eles.

Notou, leitor, que aí vem maluquice, né? A conspiração está em todo canto. A Rede Globo conspira, os telespectadores conspiram e, claro, a União faz açúcar. E este papo maluco sobre os EUA? Eu, heim? Mas vamos em frente:

Mas houve um brasileiro, muito criativo, que pensou nesta idéia relatada abaixo e propôs um
plano que realmente funciona.

Não é à toa que preferiu ficar anônimo, conforme veremos adiante…

Nós precisamos de uma ação enérgica e agressiva para ensinar às produtoras de petróleo e
derivados que são os COMPRADORES que, por serem maioria, controlam o mercado, e
não os VENDEDORES.

No dia em que um mercado com muitos compradores significar um imenso poder de barganha para os mesmos, teremos que combater os compradores e liberar a ação dos monopólios. Afinal, um vendedor tem, por esta lógica, menos poder do que muitos. Mais maluco é pensar em “controle de mercado”, principalmente por parte de milhares de consumidores. Mas não ria. Vamos seguir em frente.

Com o preço da gasolina subindo mais a cada dia, nós, os consumidores, precisamos entrar
rapidamente em ação!!

Preste atenção no “rapidamente”.

O único modo de chegarmos a ver o preço da gasolina diminuir é atingindo quem produz, na parte mais sensível do corpo humano: o Bolso. Será não comprando a gasolina deles!!!
Considerando que todos nós dependemos de nossos carros, não podemos deixar de comprar gasolina.
Mas nós podemos promover um impacto nos preços do combustível, se todos juntos
agirmos para FORÇAR UMA GUERRA DE PREÇOS ENTRE ELE S MESMOS.
É assim que o mercado age!!!
Aqui está a idéia:
Para o próximo trimestre, não compre gasolina da principal fornecedora brasileira de derivados de petróleo, que é a PETROBRÁS (Postos BR).
Se ela tiver paralisada a venda da sua gasolina, estará inclinada, por via de única opção que terá, por conseqüência, a reduzir os preços de seus próprios produtos, para recuperar o mercado.
Se ela fizer isso, as outras companhias terão que seguir o mesmo rumo, para não sucumbirem economicamente.
Isso é absolutamente certo e já vimos isso acontecer!

Sacou, leitor? O “rapidamente” dele exige um trimestre de prazo. Mas há mais. Os consumidores que “não darão um tiro no próprio pé”, ficando sem gasolina, vão deixar de comprar da Petrobrás. A Petrobrás, obviamente uma empresa sem poder algum (lembre-se: ela é uma só e “nós” somos muitos) não conseguirá redirecionar sua produção para outros mercados (claro, a globalização dos mercados é uma mentira inventada pela Petrobrás para nos enganar).

Além da Petrobrás estar indefesa, note bem, diante da força dos consumidores anônimos que manipulam os preços de forma coordenada (faltou entender como o “mercado funciona”, né?), temos que assumir que as outras empresas, diante da maior quantidade demandada e com o boicote à Petrobrás agirão conforme a lógica de mercado, certo?

O gráfico abaixo ilustra a “lógica implacável” da mensagem…desaparecendo.

From Drop Box

No ponto “A” temos a demanda com muitos consumidores (bastante “elástica”, pela lógica, embora o autor da “brilhante idéia” imagine que isto dá a cada consumidor um incrível poder de fixar preços)  determinando a quantidade de gasolina e o preço que equilibram o mercado.

Entra então em ação o boicote que coordenou milhares de brasileiros. Claro, o autor da idéia deve ser um ditador, ou então tem que nos ensinar como consegue reuni-los nesta “massa humana poderosa” enquanto sequer consigo reunir pai, mãe, filho e filha, cachorro e papagaio em uma reunião de condomínio simples…

Este boicote significa ignorar a estatal e comprar das n-1 empresas do mercado. Obviamente, o preço sobe e a quantidade vendida diminui (vamos ao ponto “B”, no gráfico): a lógica destrói a idéia supostamente brilhante do brasileiro anônimo. Aliás, sobre a inexistência de custos de transação na reunião desta imensa corrente humana ufanista que boicota de forma ordeira, unitária, como se todos fossem clones de um único sujeito (provavelmente o brilhante autor da idéia), veja o seguinte trecho:

Mas, para haver um grande impacto, nós precisamos alcançar milhões de consumidores da Petrobrás.
É realmente simples de se fazer!!
É só escolher qualquer outro posto ao invés de um BR.
Mas não vá recuar agora…
Leia mais e veja como é simples alcançar milhões de pessoas!!
Essa mensagem foi enviada a aproximadamente trinta pessoas.

Se cada um de nós enviarmos a mesma mensagem para, pelo menos, dez pessoas, a mais (30 x 10 = 300), e cada um enviar para pelo menos a mais dez pessoas, (300 x 10 = 3.000), e assim por diante, até que a mensagem alcance mais de TRÊS MILHÕES de consumidores!
Se esses três Milhões se entusiasmarem e passarem isto para 10 pessoas cada um, então terão sido contatados 30 milhões de pessoas. Novamente: tudo que você tem a fazer é enviar esta mensagem a 10 pessoas, e parar de comprar gasolina nestes postos BR. Isso é tudo!

Viu “como é fácil”? Mais fácil que isso, só bolar uma idéia pior.

Sinto dizer, leitor, mas esta não passou no teste de Fundamentos de Economia. Vai para a recuperação…