Uncategorized

É seu chefe um idiota? Ou apenas finge ser um?

Há um livro aí na praça que tem um nome engraçado. Algo como “seu chefe é um idiota”. Pelos comentários que li numa loja virtual, é mais um destes livros de auto-ajuda com regrinhas óbvias para administradores que não assistiram atentamente suas aulas.

Ok, posso estar enganado, mas também é verdade que o título é uma armadilha: ele te faz pensar que você é um injustiçado porque trabalha para um idiota o que, claro, é reconfortante mas ao mesmo tempo não faz muito sentido. Afinal, será que todo vencedor é um idiota? O mundo é como em The Office ou ficções como esta apenas nos fazem sentir bem enquanto bancamos os verdadeiros idiotas (ninguém gosta de admitir que se comportou como um idiota, certo?).

A única forma de entender isto sem enlouquecer, imagino, é pensar que o sujeito se faz de idiota quando lhe convém, o que o torna bem inteligente. Obviamente, como ninguém é perfeito, ele pode ser, sim, um idiota em muitas das ocasiões (pense naquela história de irracionalidade racional do Caplan).

Toda esta lógica não é idéia original minha, mas sim de outro cara. A dica é do Homo Econometricum e o estudo em questão faz parte da sempre interessante agenda de pesquisa em Teoria dos Jogos.

Comentários?

3 comentários em “É seu chefe um idiota? Ou apenas finge ser um?

  1. Scott Adams disse uma vez que todos somos idiotas em algum assunto. Logo, é possível que o chefe seja idiota quando o assunto é fazer uma tarefa, mas o subordinado é idiota quando o assunto é ser chefe. 🙂

  2. neste caso, tem outro livro da administraria chamado “liderando para o alto” (R$ 10 na ouvidor) que fala como os subordinados precisam prover seus chefes de informação para que eles possam decidir (duh)

    o supracitado scott adams escreveu o principio dilbert (os mais aptos não sobem para fazer o trabalho) justamente prá sacanear o princípio peter (os mais aptos sobem)

    o fato é que o conjunto de méritos que faz uma pessoa chegar a ser chefe é diferente do conjunto de méritos que a maioria das pessoas (empregados) julga como as relevantes

    essa impedância leva ao surgimento desses livros, que obviamente, são voltados para os subordinados (embora os chefes também consumam livros de auto-ajuda, como os livros de motivação de vendas, biografias de gente poderosa e etc)

    todo empregado gostaria que seu chefe fosse foda naquilo que o empregado faz, pq isso o faz acreditar que um dia ele pode chegar a ser chefe tb.

    obviamente, sabemos que não é assim que a coisa funciona

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s