Uncategorized

Pensamento econômico brasileiro

Só discordo do Laurini em uma coisa: existe um pensamento econômico brasileiro a ser estudado. Que ele seja de boa ou má qualidade, aí sim, não há o que discordar. Ou melhor: temos as duas coisas aqui. Afinal, existem os escravos do imperialismo inglês (os xx-keynesianos, onde xx = algum termo que indique uma busca pelo que Keynes realmente disse, apesar de tudo e de todos, sem qualquer preocupação com a realidade, a vida, ou qualquer outra birosca), os escravos do imperialismo austro-alemão (não poderia deixar de lembrar Marx e os austríacos), os escravos do imperialismo merengue-tanguista (cepalinos e amigos), etc.

É um vasto campo de estudos para historiadores, botânicos e veterinários.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s