Uncategorized

O circo pega fogo…

O Reinaldo Azevedo estimula a participação popular de forma elegante:

Em linguagem respeitosa, envie o seu protesto ao Itamaraty contra a posição do governo brasileiro em face da agressão de que é vítima o povo colombiano. Envie os e-mails para os seguintes departamentos:

– Assessoria de Imprensa do Gabinete do ministro Celso Amorim
imprensa@mre.gov.br
– DEA – Divisão da Organização dos Estados Americanos
dea@mre.gov.br
– DHS – Departamento de Direitos Humanos e Temas Sociais
dhs@mre.gov.br

Envie, depois, uma cópia de seu protesto para a Comissão de Relações Exteriores e Defesa Nacional do Senado. Não é preciso mandar cópia a todos os membros. Basta que ela chegue ao senador Heráclito Fortes (DEM-PI), o presidente.
O e-mail do senador é este:
heraclito.fortes@senador.gov.br

Espalhe esses endereços na rede.

Ah sim, lembra do final do post anterior? Pois é. Só agora o Estadão noticia.

Ainda no mesmo tema, eis o depoimento de um venezuelano sobre a vida sob o governo atual. O bacana é a experiência que muitos dos meus alunos desconhecem: a vida sob uma economia com preços controlados. Foi moda da heterodoxia brasileira nos anos 80-90 pensar em controles de preços como forma de controlar a inflação.

Eis um trecho:

Consider breakfast. My breakfast, to be exact. It’s been months since I have had an oatmeal breakfast or a nice cup of espresso with a drop of milk because coffee and milk has literally vanished from supermarkets’ shelves since last November. And that includes “Mercal”, the government’s supermarket network where the poor are supposed to buy food at subsidized low prices

The reason? Stiff price controls, of course, and fixed currency rates that have been going on for 5 years, too.

I must confess that the very mention of price controls makes me drool at the thought of black beans and precooked corn flour, two staples absolutely essential in our spicy and usually inexpensive cocina criolla (Creole cuisine) that, according to señora Luz, the Dominican immigrant lady married to my office building’s Colombian janitor, I am not the only one to miss.

Leia tudo que é bem interessante.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s