Uncategorized

O circo em chamas…

Diz o Coronel:

Equador: talibã bolivariano.

A defesa da Colômbia, hoje, na sessão extraordinária da OEA vai estar baseada nas duas resoluções do Conselho de Segurança da ONU, que autorizaram as ações americanas no Afeganistão, para lutar contra a Al Qaeda, lá instalada sem obstáculo governamental. Esta estratégia justifica a tentativa do Presidente do Equador, ontem, de provar que estava realizando gestões para a liberação de prisioneiros, entre eles Ingrid Betancourt e os três reféns americanos. E a demonstração ostensiva, por parte da Colômbia, dos materiais encontrados nos computadores de Raul Reyes, que comprovam as ligações amistosas entre as FARC e o governo equatoriano. Para a Colômbia, o que o Equador estava negociando com as FARC era receber alguns reféns para fins promocionais e, em troca, liberar as suas fronteiras para livre acesso dos guerrilheiros, inclusive com transferência de comandantes militares que não concordassem com a decisão. É o que está gravado no computador de Raul Reyes.
Ontem, na ONU, o vice-presidente colombiano, Francisco Santos, também evocou, em Genebra, a Resolução 1373, que exige dos Estados compromissos vinculantes contra o terrorismo, determinando que “neguem refúgio a quem financiam, planificam ou cometem atos de terrorismo e os impeçam de usar os seus respectivos territórios para estes fins, contra outros Estados e seus cidadãos.”

A Colômbia gostaria de levar o assunto para a ONU, tendo em vista que a OEA não tem claro em suas resoluções quais os direitos dos países no combate ao terrorismo. Leia mais aqui.

Bem, vejamos o que faz a (lerdíssima) ONU…

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s