ciência econômica · e-book · economia · Freakonomics · sabedoria econômica · sabedoria popular

Eis o e-book…dos provérbios

E-book dos provérbios

Faço comentários sobre ele mais adiante.:

i. É uma honra abrir o e-book que o Adolfo editou. Eu o encontrei pessoalmente há um mês e pouco e testemunhei o entusiasmo dele com a idéia. Claro que acho genial isto que ele fez. Quem enviou artigo, aproveitou uma oportunidade cujo valor nem sempre é imediata e prontamente apreciado.

ii. O que dizer? Não muito. O e-book segue a linha deste outro. Ambos inauguram o que não aparece em estatística da CAPES ou do MEC ou de qualquer outro órgão privado de pesquisa: uma era de colaboração e produção de conhecimento intermediário de Ciência Econômica, crítico, competente e totalmente inserido em nossa realidade. “Para além do” discurso pterodoxo, pseudo-pluralista, estes dois livros aplicam, realmente, economia, ao dia-a-dia. Como em qualquer ciência séria, a aplicação é limitada, incompleta, mas interessante.

iii. Há alunos de todos os níveis, mestres e doutores em Economia. Há gente que não faz o curso de Economia. Novamente: não somos fascistas. Mussolini e os sindicatos/conselhos de Economia é que, em sua esmagadora maioria, acham que só um diploma gera conhecimento (apesar de todos os estudos sobre modelos de sinalização, na selva, sim, acredita-se muito nestas asneiras). Por outro lado, sabemos que não basta língua e garganta para gerar uma fala competente em economia. Tem que estudar o livro-texto. Até para criticar é preciso entender antes, a despeito do discurso populisto-pterodoxo (acabo de cunhar mais um neologismo engraçadinho…). Parabéns ao nosso aluno Lucas, único representante dos três IBMEC’s neste livro. Parabéns aos outros todos participantes.

Pronto. Falei e disse.

UPDATE: Marcelo Soares até já sugeriu um nome para o conjunto da obra: Doidonomia.

4 comentários em “Eis o e-book…dos provérbios

  1. Obrigado Adolfo e Shikida. Também fiquei muito satisfeito com o livro. Parabéns aos participantes.
    Adolfo, parabéns pela idéia e organização dos textos.
    valeu,
    Lucas

  2. Bela iniciativa!

    Sempre achei que houvesse um problema nas faculdades de economia: ou se ensina teorias pterodoxas (gostei do neologismo) ou se abusa da linguagem matemática sem se preocupar com o significado econômico das teorias. Enfim, parece faltar aquilo que Ronald Coase denunciava: uma pitada de realidade (aplicação empírica) nas teorias….Mas esses dois e-books começam a preencher o vácuo existente e revelar o potencial explicativo da teoria econômica convencional, usando casos do cotidiano. Como economia é a ciência do comportamento humano racional, projetos como esses estão fadados ao sucesso.

    Analyse this: Apenas como sugestão de reflexão usando os métodos de economia, é uma frase que vi pichada no viaduto da João Pessoa, perto da FCE-UFRGS: “Riqueza gera miséria”. Tem muita gente que acredita nisso, incluindo doutores em sociologia formados na França!
    Esse pode iniciar uma nova série sobre crendices populares (ou uma atualização do Febeapá, com conteúdo teórico).

    Parabéns pela iniciativa!

    Ronald Hillbrecht

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s