bolivarianismo · economia da defesa

Economia da Defesa

Uma hora destas eu comento esta notícia que mostra que não é Bush quem mantém a América Latina “nas garras do complexo industrial-militar”. Primeiro, há os interesses do complexo industrial-militar (nanico, é verdade) nacional e também os incentivos vindos do melhor amigo do sr. da Silva, o sr. Chavez. A este deve se creditar o mérito de disparar uma nova corrida armamentista na América Latina.

Tentarei uma análise mais detalhada em breve. Não vou prometer, mas, como de praxe, aguarde.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s