Freakonomics

A economia da…

…prost….opa, o firewall vai barrar. Mas nós estamos falando de um dos autores do Freakonomics.

brasil · Desenvolvimento econômico · Tecnologia

Economia periférica explora países centrais de forma deslavada

A Monsanto investirá 28 milhões de dólares no Brasil no prazo de cinco anos para o desenvolvimento de uma nova tecnologia para soja transgênica que combina a resistência a insetos com uma segunda geração de tolerância a herbicidas à base de glifosato, anunciou a empresa em comunicado nesta quarta-feira.

É o capitalismo neoliberal-globalizante-sem-alma derramando dinheiro no Brasil. Certamente é uma ilusão e tudo não passa de uma grande conspiração mundial. Ou é, simplesmente, o funcionamento dos mercados sob certos parâmetros (incentivos), como se ensina nas (boas) faculdades.

Humor

Frases que eu gostaria de ter dito

When I was a teenager my Dad used to say to me about a teammate he wasn’t that impressed with, or an opponent he didn’t think I should fear the following: “I’d like to buy him for what he is worth and sell him for what he thinks he is worth. … I’d make a mint.”

Tirei daqui. Precisa usar o itálico ou você já percebeu qual é a frase? ^_^

Academia

Meus amigos que estudam “consumo” (Fábio e Márcio) vão se interessar.

Estimating Discount Functions with Consumption Choices over the Lifecycle

Abstract

Intertemporal preferences are difficult to measure. We estimate time preferences using a structural buffer stock consumption model and the Method of Simulated Moments. The model includes stochastic labor income, liquidity constraints, child and adult dependents, liquid and illiquid assets, revolving credit, retirement, and discount functions that allow short-run and long-run discount rates to differ. Data on retirement wealth accumulation, credit card borrowing, and consumption-income comovement identify the model. Our benchmark estimates imply a 40% short-term annualized discount rate and a 4.3% long-term annualized discount rate. Almost all specifications reject the restriction to a constant discount rate. Our quantitative results are sensitive to assumptions about the return on illiquid assets and the coefficient of relative risk aversion. When we jointly estimate the coefficient of relative risk aversion and the discount function, the short-term discount rate is 15% and the long-term discount rate is 3.8%.

off-topic

Lições de vida (o papel educativo da TV)

You take the good, you take the bad,
you take them both and there you have
The Facts of Life, the Facts of Life.

There’s a time you got to go and show
You’re growin’ now you know about
The Facts of Life, the Facts of Life.

When the world never seems
to be livin up to your dreams
And suddenly you’re finding out
the Facts of Life are all about you, you.

It takes a lot to get ‘em right
When you’re learning the Facts of Life. (learning the Facts of Life)
Learning the Facts of Life (learning the Facts of Life)
Learning the Facts of Life.

 

Esta letra não poderia ser melhor para resumir um bocado da vida de qualquer um.

ciência econômica · Freakonomics · microeconomia · Sushi

Mais uma propaganda generosa a nosso favor

Orlando Tambosi, professor da UFSC, generosamente, fala de nosso e-book (por enquanto livre…aproveite) sobre a economia do sushi (sim, um exemplo de “Freakonomics” aplicado, feita quase toda por alunso de graduação que gostam de Economia), após alguns dias de eu lhe ter enviado o link para o arquivo.

Eis seu anúncio:

Claudio Shikida e seus alunos e amigos da blogosfera acabam de lançar um e-book sobre “Tudo o que você sempre quis saber sobre a multa nos sushis que sobraram no rodízio…

A dicussão surgiu da pergunta de uma aluna. O livro é o resultado. Boa leitura.

Mas já vou dizendo que nunca sobra nada no meu prato, seja sushi ou outras variedades culinárias. Bota glutão nisso! (ou seria pão-duro, no caso da iguaria japonesa?).

Caro Orlando, muito obrigado. Recebemos boas reações de todo o Brasil e também de alguns amigos do IBMEC-MG que gostaram de nossas elocubrações. Boa parte das reações que recebemos está aqui.