Uncategorized

The Problem of Social Cost – v.2.0

Quem conhece Ronald Coase sabe que um dos motivos que deixaram Paul Samuelson nervoso foi quando ele descobriu que Coase, através de estudos históricos, mostrou que os faróis (estes que sinalizam para navios), no Reino Unido (ou em partes do dito reino) eram bens ofertados privadamente.

Diz a lenda que Samuelson ficou bem irritado…

Pois bem, agora temos mais um exemplo vindo do arquipélago:


O controle do tráfego aéreo de vôos comerciais no Reino Unido, diferentemente do modelo estatal em vigor no Brasil, foi descentralizado e privatizado, de acordo com matéria publicada no jornal Folha de S. Paulo deste domingo. A maior parte da gestão fica por conta de PPPs (parcerias público-privadas).

Se alguém disse que isto “só funciona na Inglaterra”, então teremos de jogar no lixo estas tais de PPPs que o governo atual tanto curte (pelo menos no papel).

Interessante é pensar como o Reino Unido venceu os interesses contrários à mudança institucional citada. Quem souber de algo, é bem-vindo a nos contar.

Claudio

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s