Uncategorized

Sardenberg pergunta

A lógica trocada
Hoje, o Brasil cresce menos do que os outros países emergentes mais importantes. O que o Brasil tem de diferente em relação a esses países?

Veja no quadro abaixo, que compara alguns indicadores básicos do Brasil com o que se verifica nos emergentes mais sólidos:

Dívida Pública/PIB
Média dos emergentes: até 30%
Brasil: 50%

Carga tributária/PIB
Média emergentes: até 25%
Brasil: 38%

Gasto com previdência/PIB
Média emergentes: até 6%
Brasil: 13%

Juro Real
Média emergentes: 2% a 3%
Brasil: 9% a 10%

Crescimento PIB
Média emergentes: 4% a 6%
Brasil: 2,6%

De onde se conclui que para crescer como os outros, o Brasil precisa resolver o problema das contas públicas – isto é, reduzir a dívida e reduzir a carga tributária, para o que é necessário reduzir os gastos públicos.

Sem isso, os juros continuarão altos.

Ora, vem hoje o ministro Guido Mantega e diz: se o Brasil crescer 5% ou mais ao ano, com mais redução dos juros (não disse para quanto) o déficit público desaparece.

Perceberam a inversão da lógica? O Brasil não cresce porque tem um déficit público. Vem Mantega e diz: crescendo, o Brasil elimina o déficit.

Perguntamos, então, por que não cresceu até aqui? Por que não cresce hoje?

Alguém aí tem idéia de quem possa estar enganado? Ou não?

Claudio

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s