Uncategorized

A batalha final dos lingüistas

A batalha final entre os lingüistas sobre a existência de uma gramática universal está sendo travada no estado do Amazonas. Os tais índios Pirahã não tem palavras para cores, números, orações subordinadas, nem nada mais. Se for verdade – e não o papo do único gringo que aprendeu a língua – a visão hegemônica sobre o funcionamento da nossa cachola terá que ser revista.
Para resolver a questão, uma tropa de lingüistas de primeira linha vai lá investigar. (Pobres dos índios…)

(via Aldaily)

Leo.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s