Uncategorized

Florestan, meu velho…

…olha o que os sociólogos mais novos fizeram em teu nome.

MARTA E PT — O Ministério Público de São Paulo conseguiu nesta quinta-feira uma decisão liminar na Justiça autorizando a quebra dos sigilos bancário e fiscal de entidades ligadas ao PT que prestaram serviço à Prefeitura de São Paulo durante a gestão da petista Marta Suplicy. No pedido de autorização para quebra dos sigilos, os promotores alegaram que as investigações feitas permitiram identificar um “impressionante esquema para desvio de recursos públicos, mediante indevida contratação direta e sem licitação de fundações de direito privado”. Duas entidades estão especialmente na mira dos promotores: o Instituto Florestan Fernandes (IFF) e o Sampa.org. Veja notas em Política.

Direto do Primeira Leitura, mais uma evidência de que não existe monopólio da ética na política. Talvez estejamos mais próximos da concorrência perfeita…

Claudio

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s