Uncategorized

O medo da falência da Varig

Os dois argumentos que leio em defesa Varig se apóiam na necessidade de preservar (a) os empregos; (b) o símbolo.
Vamos começar por (a): Se a Varig falir, as pessoas não vão deixar de voar. Outras empresas ocuparão o mercado por ela deixado. E ninguém emprega só para ser gente boa, nem demite só de maldade. Se demitirem é porque tem gente demais trabalhando por lá. Se não demitem é porque alguém paga por isso. Os donos, os acionistas ou a sociedade (através do Governo) sustentam esses empregos excessivos.
Passemos para (b):Se a marca é importante, quem ficar com o que sobrou da Varig irá preservá-la. (Bem, confesso que, como não sou patriota, não vejo sentido em defender um marca que cresceu graças ao apoio explícito do governo militar e sempre cobrou preços estratosféricos. Símbolo por símbolo, prefiro a Gol ou a BRA que fizeram com que milhares de brasileiros trocassem os ônibus Marcopolo pelos Boings. Tudo em 12 vezes sem juros no cartão. )

Leo.

Um comentário em “O medo da falência da Varig

  1. conheci o presidente, falecido já há uns mais de 10 anos, da Panair, me lembro que ele tinha uma mágoa muito grande e dizia que os militares o tinham quebrado. Não conheço so meandros da história, mas sei que ele dizia que não morreria enquanto não provasse isso, li no Jornal um dia que ele ganhara uma ação de, se não me falha a memória, uns 300 milhões de dólares, poucos dias depois fui no seu enterro….

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s