Uncategorized

A situação da Ciência econômica

O editor da Foreing Policy denuncia a má situação do pensamento econômico atual. Como exemplo, ele relata o causo do FHC, em 1999, que teria recebido conselhos contraditórios das melhores cabeças do ramo. Além disso, ele uma frase do Bourguignon quando ele afirma que não sabemos as causas do crescimento econômico, sabemos apenas o que o restringe.
Meu pitaco: essa decepção com a Economia é fruto do seu sucesso como Ciência. As expectativas sobre as habilidades dos profissonais da área aumentaram. Ninguém espera da ciência política, enquanto tal, quando virá a uma revolução ou mesmo quem ganhará uma eleição. E querem que os economistas tenham a receita comum para sair de uma crise como 1999!
Áreas fora das ciências sociais também têm seus fracassos. A medicina não consegue curar uma afta, nem a gripe comum, e – no mesmo sentido do que o Bourguignon disso – não sabe as causas de uma vida saudável. Você está muito bem e acorda com uma afta, gripado,(toc-toc-toc) leucemia, lupus ou parkinson.

Leo

Um comentário em “A situação da Ciência econômica

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s