Economia Brasileira

Por que eu não estudo Microeconomia com mais afinco?

Sérgio Werlang, notório na academia, dá o alerta correto: precisamos de uma agenda microeconômica.

Não confundir isto com “qualquer agenda microeconômica”. Sempre devemos ter o cuidado ao ler estas coisas. É igual falar de reforma institucional. Todos dizem o mesmo, mas um querem exatamente o oposto dos outros.

Bom, o negócio é pensar bem e rever aquela opção de estudar só para a prova de Macroeconomia. Aliás, como dizia um colega meu – hoje no Banco Central: “não tem este negócio de estudar mais para uma prova em detrimento de outra. Tem de estudar bem para as duas”. Em resumo, o custo de oportunidade entre uma prova e outra é sub-ótimo. O relevante mesmo é o custo de sua reputação futura versus sua preguiça hoje.

Viva a Microeconomia!

Claudio

Um comentário em “Por que eu não estudo Microeconomia com mais afinco?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s