Estado e Sociedade

Da Intervenção do Estado na Economia (itens para uma história dos campos de concentração)

Pérolas do comunismo soviético:

Da entrada de um dos lagpuntks, “pendia um arco-íris de compensado com uma faixa por cima, na qual se lia que ‘Na URSS, o trabalho é questão de honestidade, honra, bravura e heroísmo!'”. Numa colônia de de trabalho (…), Barbara Armonas foi acolhida com esta faixa: “Com trabalho honesto, saldarei meu débito para com a pátria”. Chegando em 1933 a Slovetsky (que se tornara prisão de segurança máxima), outro preso viu um aviso que dizia: “Com mão de ferro, conduziremos a humanidade à felicidade!” Yuri Chirkov, detido aos catorze anos, também deparou com um aviso em Solovetsky: “Por meio do trabalho, a liberdade!”, slogan que é tão contrangedoramente parecido quanto possível com o Arbeit macht frei (“O trabalho liberta”) que se via sobre os portões de Auschwitz. [Anne Applebaum, Gulag, Ediouro, p.221]

A tradição do marketing político vem de longe…

Ditaduras são indefensáveis, claro. Mas o (de)mérito dos campos é soviético. Nazistas decidiram por exterminar judeus em 1942. Contudo, segundo nos esclarece George Watson, em The Lost Literature of Socialism (1992, The Lutterworth Press), nazistas já conheciam o esquema soviético de trabalhos forçados em campos de concentração desde a época em que se aliaram (1939-41).

Azar mesmo teve Margarete Buber-Neumann, uma comunista alemã. Ela esteve em campos de concentração nazistas e soviéticos.

Um comentário em “Da Intervenção do Estado na Economia (itens para uma história dos campos de concentração)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s