Uncategorized

Instituições importam? O caso dos valores culturais

Valores culturais influenciam na noção dos direitos de propriedade sobre bens comuns ou é o contrário que vale? Este fascinante (mesmo) relato do meu amigo Duke sobre chineses e tibetanos nos EUA é de fazer pensar. Digo isto porque se estamos falando de chineses temporariamente emigrados, os valores carregados podem ser diferentes dos chineses que já estão em sua terceira ou quarta geração nos EUA. Sob este aspecto, pode ser que existam diferenças entre chineses.

Há mais experimentos naturais interessantes. Por exemplo, boa parte dos libaneses que emigraram para o Brasil são cristãos, que fugiram do conflito no país de origem. Logo, não se exportou muito “islamismo” (e variantes) para o Brasil o que, creio, explica boa parte da convivência pacífica entre judeus e árabes brasileiros.

Esta discussão pode render mais, claro, mas a questão inicial é a que mais me incomoda, intelectualmente falando.