Uncategorized

Falhas de governo

Novamente, um bom resumo de como o governo pode ser muito ruim para a felicidade (em parte gerada pela prosperidade…caso não acredite, dê-me seu salário) das pessoas.

Anúncios
Uncategorized

Eu sou culpado mas não assumo porque quem contou não deveria tê-lo feito

Quero ver a blogosfera da esquerda anaeróbica se defender agora. Lamentável episódio este da administração da Silva. Militantes devem estar em estágio avançado de deturpações mentais. Afinal, como justificar isto como herança maldita, culpa dos políticos picaretas (dos outros partidos, claro) e, ainda assim, posar de heróis da sociedade? Só um militante mentalmente perturbado conseguirá tal feito. Ou um hipócrita travestido de realista.

No final, a pergunta de hábito: por que os burocratas não podem usar cartões de crédito como os que o mercado nos oferece, com limites de crédito e tudo o mais? O bom e velho “Consenso de Washington” diria: instituições sólidas. Mas os militantes – que nunca leram um artigo de Stiglitz – dirão, lendo apenas seus artigos superficiais para tablóides, que isto não é correto, que é individualismo, etc.

Lamentável. Este blog se ressente de ver tamanha distorção do dito “sou brasileiro, não desisto nunca”.

Uncategorized

Outro que foi direto ao ponto

O que é aquilo lá longe?

É o liberalismo, cada vez mais distante do Bananão.

Todo liberal é anti-PT mas nem todo anti-PT é liberal.

Existe uma boa parcela de gente por aí que simplesmente acha que o governo pode mesmo acabar com tudo de ruim que acontece com as pessoas.

E que o único problema do PT é que ele não está interessado em fazer isso.

Curiosamente, boa parte dessa patota é jornalista, mas isso deve ser apenas coincidência.

Vejamos esta medida, tão celebrada por Josia de Souza:

Certo, certo. O bondoso e zeloso governo determinou que não se pode vender birita na beira das estradas. Eu, se bebum inveterado fosse, o que faria?

A) Ficaria sem beber durante a viagem, já que assim deseja nosso governo.
B) Compraria “minhas skol” no supermecado e abasteceria meu isopor.

Duh!

No próximo Carnaval o bondoso governo irá ampliar o espectro da lei: o comércio de bebidas alcoólicas será proibido X dias antes e depois do Carnaval.

Em breve o “mé” será proibido em todo o território nacional durante todo o trimestre no qual ocorrer a festividade.

Punir severamente infratores alcoolizados nem pensar.

Resmungado às 16:58:00

Daqui a pouco eu desisto de escrever e vou só reproduzir estes bons textos do Coronel e do xará. ….

Uncategorized

Falou tudo

Conversa pra boi dormir (2).

O Estadão confirma a solução apresentada no post abaixo, para controle dos cartões corporativos do Governo Lula, esta verdadeira festa com o dinheiro público: “A Receita Federal intensificou e ampliou seu programa de fiscalização em 2007 e autuou 521,6 mil contribuintes pessoas físicas e jurídicas, que terão de devolver R$ 108 bilhões aos cofres públicos, já computados o principal, a multa e os juros. O número de autuações cresceu 80% e o volume arrecadado, 42% ante 2006.”
Vejam a eficiência que o Governo Lula tem quando é para devassar o bolso do contribuinte: “o secretário da Receita Federal, Jorge Rachid, afirmou que a fiscalização foi intensificada em todos os setores. Segundo ele, “foi fundamental” o uso da tecnologia no cruzamento de dados, o que permitiu a seleção dos contribuintes com maior potencial de sonegação”.

Já temos, aí, o primeiro depoente para uma CPI dos Cartões do Lula. Chamem o Rachid e perguntem para ele em quantas horas ele pode oferecer uma devassa nas contas dos gastadores, usando os super computadores da Super Receita. A seleção dos contribuintes com maior potencial todo mundo sabe qual é: os usuários dos cartões.
Leia mais aqui.

Não é que o Coronel foi ao ponto?