Previsão – Copa do Mundo

Mais uma das várias que aparecem por esta época…

Anúncios

Resultado do sorteio

A sorteada foi helen*****@li**.com. Eu a contactei, mas não obtive resposta. De qualquer forma, estou gerando o vale-livro conforme o endereço de e-mail informado na pesquisa.

Obrigado por participar!

CEO’s são demitidos quando…

wick2Eis um artigo recente em que se analisa um CEO cujo fruto do trabalho é bem mais fácil de se verificar do que o de muitas empresas: o técnico de futebol. A economia dos esportes é interessante, não?

Obviamente, você pode pensar em verificar, por exemplo, se o que foi visto para esta pequena amostra vale para um período mais longo. Ou para outras divisões. Ou para o futebol feminino, etc. Vontade de pesquisar não é escassa, mas os dados, estes devem ser coletados. Dá trabalho, mas se você tem bons auxiliares de pesquisa – como é o nosso caso – as coisas andam melhor.

Pedido de ajuda para um trabalho acadêmico

Peço aqui sua paciência e ajuda para o trabalho de um aluno cujo questionário está aí embaixo. Caso consigamos mais de 400 respostas, sortearemos um vale-livro da Livraria Cultura no valor de R$ 50,00.

Importante: o questionário não é limitado apenas a estudantes ou profissionais de Economia. Pelo contrário, é aberto a todos, de todas as idades.

https://goo.gl/forms/eomhpl9syKLbCA0x2

Fique à vontade para divulgar para seus amigos, colegas, alunos ou professores.

Obrigado

Benefícios concentrados e custos difusos

Benefícios concentrados e custos difusos, benefícios concentrados e custos difusos, benefícios concentrados e custos difusos, benefícios concentrados e custos difusos, benefícios concentrados e custos difusos, benefícios concentrados e custos difusos, benefícios concentrados e custos difusos, benefícios concentrados e custos difusos, benefícios concentrados e custos difusos, benefícios concentrados e custos difusos, benefícios concentrados e custos difusos, benefícios concentrados e custos difusos, benefícios concentrados e custos difusos, benefícios concentrados e custos difusos, benefícios concentrados e custos difusos, benefícios concentrados e custos difusos, benefícios concentrados e custos difusos, benefícios concentrados e custos difusos, benefícios concentrados e custos difusos, benefícios concentrados e custos difusos, benefícios concentrados e custos difusos, benefícios concentrados e custos difusos, benefícios concentrados e custos difusos, benefícios concentrados e custos difusos, benefícios concentrados e custos difusos, benefícios concentrados e custos difusos, benefícios concentrados e custos difusos, benefícios concentrados e custos difusos, benefícios concentrados e custos difusos, benefícios concentrados e custos difusos, benefícios concentrados e custos difusos, benefícios concentrados e custos difusos, benefícios concentrados e custos difusos, benefícios concentrados e custos difusos, benefícios concentrados e custos difusos, benefícios concentrados e custos difusos, benefícios concentrados e custos difusos, benefícios concentrados e custos difusos, benefícios concentrados e custos difusos, benefícios concentrados e custos difusos, benefícios concentrados e custos difusos, benefícios concentrados e custos difusos, benefícios concentrados e custos difusos, benefícios concentrados e custos difusos, benefícios concentrados e custos difusos, benefícios concentrados e custos difusos, benefícios concentrados e custos difusos, benefícios concentrados e custos difusos, benefícios concentrados e custos difusos, benefícios concentrados e custos difusos, benefícios concentrados e custos difusos, benefícios concentrados e custos difusos, benefícios concentrados e custos difusos, benefícios concentrados e custos difusos, benefícios concentrados e custos difusos, benefícios concentrados e custos difusos, benefícios concentrados e custos difusos, benefícios concentrados e custos difusos, benefícios concentrados e custos difusos, benefícios concentrados e custos difusos, benefícios concentrados e custos difusos, benefícios concentrados e custos difusos, benefícios concentrados e custos difusos, benefícios concentrados e custos difusos, benefícios concentrados e custos difusos, benefícios concentrados e custos difusos, benefícios concentrados e custos difusos, benefícios concentrados e custos difusos, benefícios concentrados e custos difusos, benefícios concentrados e custos difusos, benefícios concentrados e custos difusos, benefícios concentrados e custos difusos, benefícios concentrados e custos difusos, benefícios concentrados e custos difusos, benefícios concentrados e custos difusos, benefícios concentrados e custos difusos, benefícios concentrados e custos difusos, benefícios concentrados e custos difusos, benefícios concentrados e custos difusos, benefícios concentrados e custos difusos, benefícios concentrados e custos difusos, benefícios concentrados e custos difusos, benefícios concentrados e custos difusos, benefícios concentrados e custos difusos, benefícios concentrados e custos difusos, benefícios concentrados e custos difusos, benefícios concentrados e custos difusos, benefícios concentrados e custos difusos, benefícios concentrados e custos difusos, benefícios concentrados e custos difusos, benefícios concentrados e custos difusos, benefícios concentrados e custos difusos, benefícios concentrados e custos difusos, benefícios concentrados e custos difusos, benefícios concentrados e custos difusos, benefícios concentrados e custos difusos, benefícios concentrados e custos difusos, benefícios concentrados e custos difusos, benefícios concentrados e custos difusos, benefícios concentrados e custos difusos, benefícios concentrados e custos difusos, benefícios concentrados e custos difusos, benefícios concentrados e custos difusos, benefícios concentrados e custos difusos, benefícios concentrados e custos difusos, benefícios concentrados e custos difusos, benefícios concentrados e custos difusos, benefícios concentrados e custos difusos, benefícios concentrados e custos difusos, benefícios concentrados e custos difusos, benefícios concentrados e custos difusos, benefícios concentrados e custos difusos, benefícios concentrados e custos difusos, benefícios concentrados e custos difusos, benefícios concentrados e custos difusos, benefícios concentrados e custos difusos, benefícios concentrados e custos difusos, benefícios concentrados e custos difusos, benefícios concentrados e custos difusos, benefícios concentrados e custos difusos, benefícios concentrados e custos difusos, benefícios concentrados e custos difusos, benefícios concentrados e custos difusos, benefícios concentrados e custos difusos, benefícios concentrados e custos difusos, benefícios concentrados e custos difusos, benefícios concentrados e custos difusos, benefícios concentrados e custos difusos, benefícios concentrados e custos difusos, benefícios concentrados e custos difusos, benefícios concentrados e custos difusos, benefícios concentrados e custos difusos, benefícios concentrados e custos difusos, benefícios concentrados e custos difusos, benefícios concentrados e custos difusos, benefícios concentrados e custos difusos, benefícios concentrados e custos difusos, benefícios concentrados e custos difusos, benefícios concentrados e custos difusos, benefícios concentrados e custos difusos, benefícios concentrados e custos difusos, benefícios concentrados e custos difusos, benefícios concentrados e custos difusos, benefícios concentrados e custos difusos, benefícios concentrados e custos difusos, benefícios concentrados e custos difusos, benefícios concentrados e custos difusos, benefícios concentrados e custos difusos, benefícios concentrados e custos difusos, benefícios concentrados e custos difusos, benefícios concentrados e custos difusos, benefícios concentrados e custos difusos, benefícios concentrados e custos difusos, benefícios concentrados e custos difusos, benefícios concentrados e custos difusos, benefícios concentrados e custos difusos, benefícios concentrados e custos difusos, benefícios concentrados e custos difusos, benefícios concentrados e custos difusos, benefícios concentrados e custos difusos, benefícios concentrados e custos difusos, benefícios concentrados e custos difusos, benefícios concentrados e custos difusos, benefícios concentrados e custos difusos, benefícios concentrados e custos difusos, benefícios concentrados e custos difusos, benefícios concentrados e custos difusos, benefícios concentrados e custos difusos, benefícios concentrados e custos difusos, benefícios concentrados e custos difusos, benefícios concentrados e custos difusos, benefícios concentrados e custos difusos, benefícios concentrados e custos difusos, benefícios concentrados e custos difusos, benefícios concentrados e custos difusos, benefícios concentrados e custos difusos, benefícios concentrados e custos difusos, benefícios concentrados e custos difusos, benefícios concentrados e custos difusos, benefícios concentrados e custos difusos, benefícios concentrados e custos difusos, benefícios concentrados e custos difusos, benefícios concentrados e custos difusos, benefícios concentrados e custos difusos, benefícios concentrados e custos difusos, benefícios concentrados e custos difusos, benefícios concentrados e custos difusos, benefícios concentrados e custos difusos, benefícios concentrados e custos difusos, benefícios concentrados e custos difusos, benefícios concentrados e custos difusos, benefícios concentrados e custos difusos, benefícios concentrados e custos difusos, benefícios concentrados e custos difusos, benefícios concentrados e custos difusos, benefícios concentrados e custos difusos, benefícios concentrados e custos difusos, benefícios concentrados e custos difusos, benefícios concentrados e custos difusos, benefícios concentrados e custos difusos, benefícios concentrados e custos difusos, benefícios concentrados e custos difusos, benefícios concentrados e custos difusos, benefícios concentrados e custos difusos, benefícios concentrados e custos difusos, benefícios concentrados e custos difusos, benefícios concentrados e custos difusos, benefícios concentrados e custos difusos, benefícios concentrados e custos difusos, benefícios concentrados e custos difusos, benefícios concentrados e custos difusos, benefícios concentrados e custos difusos, benefícios concentrados e custos difusos, benefícios concentrados e custos difusos, benefícios concentrados e custos difusos, benefícios concentrados e custos difusos, benefícios concentrados e custos difusos, benefícios concentrados e custos difusos, benefícios concentrados e custos difusos, benefícios concentrados e custos difusos, benefícios concentrados e custos difusos, benefícios concentrados e custos difusos, benefícios concentrados e custos difusos, benefícios concentrados e custos difusos.

De nada.

O mundo interligado

O mundo está se tornando uno num sentido completamente novo…Como a terra se estreitou por meio das novas forças que a ciência pôs à nossa disposição…os movimentos da política, da economia e do pensamento, em cada uma de suas regiões, estão se inter-relacionando mais estreitamente… O que ocorre em qualquer parte do globo tem agora um significado para qualquer outra parte. A história mundial tende a se tornar única. [Rajan e Zingales, 2004, em seu “Salvando o capitalismo dos capitalistas”, Campus, p.20]

O trecho acima foi dito por:

a) Francis Fukuyama, o homem que previu o fim da história.
b) Um globalista que deseja roubar nosso nióbio.
c) Gustavo Franco, um conhecido economista liberal.
d) John M. Keynes, economista…keynesiano.
e) Milton Friedman, famoso liberal monetarista.
f) Dilma Rousseff, aquela que não viu nada de errado em comprar Pasadena.
g) Bryce, ex-presidente do Congresso Internacional de Estudos Históricos (EUA).

Resposta a ser fornecida se, nos comentários, tivermos apostas (não no facebook, aqui mesmo).

Por que as pessoas fazem o álbum da Copa, mas não o do Brasileirão?

Melhor dizendo, por que há mais entusiasmados em um, mas não em outro? Isso me intriga, porque sou exatamente o oposto deste sujeito típico. Entretanto, parece que pessoas preferem competições mundiais muito mais do que as nacionais. Por exemplo, este artigo encontra que o entusiasmo em participar de esportes amadores, na Alemanha, sofre impacto positivo do desempenho da seleção alemã em copas do mundo, mas não do desempenho de seus times em outros campeonatos (mas apenas para o futebol masculino). Talvez este efeito seja geral e o entusiasmo das pessoas com o álbum da Copa em relação ao álbum do Brasileirão seja um reflexo disso, aqui no Brasil.

A propósito, uns brasileiros publicaram um artigo interessante sobre previsão de resultados de campeonatos de futebol, mas não fique achando que isso vai te ajudar no mercado de apostas ^_^.

Incentivos importam: o caso da propaganda gratuita para partidos políticos

Exemplo simples.

“O Brasil assegura aos candidatos tempo de propaganda gratuita na televisão. Paradoxalmente, isso pode aumentar o custo das campanhas, além de contribuir para a fragmentação dos partidos políticos”. [Taylor, M.M. (2018). “A corrupção e as reformas anticorrupção no Brasil”. In: Seligman, M. & Mello, F. “Lobby desvendado…”. Record, p.105]

Em outras palavras, ao dispersar custos e concentrar benefícios, a propaganda gratuita (financiada por todos nós, queiramos ou não = custos dispersos) gera um efeito colateral que foi brilhantemente exposto em um vídeo do Spotniks há alguns meses.

 

Macroeconomia no Coursera

roro

Você, que sempre se perguntou quem era a “Rô-Rô” de minha apostila antiga de microeconomia, agora já sabe…

Minha amiga Roseli, não satisfeita em reclamar dos seus alunos presenciais, resolveu decuplicar o número de desafetos com seu novo curso virtual no Coursera. Trata-se de um curso de Macroeconomia e, sim, eu o recomendo.

Conheço Roseli de longa data e, apesar das manias e chatices dela (ela diz o mesmo de mim), não tenho como negar (tripla negação para confundir) sua seriedade e competência.

A Análise Econômica do Direito encontra a Economia dos Esportes

Duas áreas que me são muito queridas se encontram neste artigo meu com Ari e Frank. O resumo?

In this article we used the approach of economic analysis of crime to understand the determinants of punishment for offences in games of Brazilian Soccer Championship in 2012. Models on the determinants of the most serious offenses committed by athletes from clubs in the Brazilian Championship, punished with red and yellow cards (Poisson regression models and negative binomial) were estimated. In fact, athletes seem to respond to economic incentives. Our results suggest that: (a) the athlets of the home team receive, on average, a smaller number or red and yellow cards; (b) there is a positive trend of punishments through the championship and (c) there is non-linear relationship between punishments and goals.

É isso aí.