blogosfera · cultura japonesa · e-book · Freakonomics · japão · provérbios

Blogs para que te quero

Afim de ler algo interessante? Vá já aos Quatroventos.

Aliás, notem os dois interessantes posts, um dos quais me envolve:

O segundo é mais uma colaboração para a segunda edição (sim, Adolfo está afim de agregar mais algumas pessoas e corrigir alguns escorregões da língua-mãe) do sensacional e-book.

bomba atômica · japão · sistema legal

Justiça ainda que tardia

Trecho:

The government’s refusal to provide health-care benefits to hibakusha living abroad is illegal, the Supreme Court ruled Thursday in a landmark decision.

The ruling finalizes the government’s obligation to pay compensation to atomic-bomb survivors overseas. It is the first time the top court has declared a government order illegal and upheld a ruling mandating the payment of damages.

The Supreme Court’s First Petty Bench turned down the government’s appeal and upheld a 2005 high court decision that ordered it to pay a combined ¥48 million in damages to 40 South Koreans who were exposed to radiation in the 1945 U.S. atomic bombing of Hiroshima. The Koreans were exposed while being forced to work as conscripts during the war.

Justice Norio Wakui, who presided over the case, declared that an instruction issued in 1974 by the then Health and Welfare Ministry telling local governments to limit distribution of government support only to atomic-bomb survivors living in Japan was illegal.

Falando em bomba atômica, adivinhe quem morreu.

economia · japão · microeconomia · Tecnologia

Tecnologia e o ciclo de vida

Eis aí uma previsão: em um país com expectativa de vida elevada, o gasto das famílias com robôs deve ser maior, ceteris paribus.

Talvez a visão dos anos 80, de robôs na indústria, ainda seja uma visão imprecisa: o verdadeiro campo de trabalho dos robôs é no auxílio aos idosos. O que explica isto? Provavelmente a queda de preços dos robôs – para uso pessoal – ao longo do tempo.