brasil · Chile · economia da defesa · Venezuela

A nova corrida armamentista

O pessoal de Economia da Defesa (escasso no Brasil) terá muito o que fazer nos próximos anos. Presumo que muitos alunos interessados na interseção entre Ciência Econômica e Economia Internacional (ou, quem sabe, até Relações Internacionais) terão muitas hipóteses para serem trabalhadas.