América Latina · bolivarianismo · socialismo real

E a FARC enganou Chavez direitinho

Foi se meter a negociar com terroristas, deu no que deu. Eis o modo bolivariano de lidar com a realidade… (mais aqui)

América Latina · autoritarismo · bolivarianismo · Desenvolvimento econômico · história econômica · protecionismo · socialismo real

História Econômica

Ao contrário do que se ensina (desensina…) por aí, a América Latina sempre foi um local fértil em protecionismo e não-liberalismo. Acha que isto é discurso? Acha que tirei isto da minha cabeça? Ok, pode achar o que quiser, mas leia um pouco antes.

Depois deste gráfico, quero ver o poder do wishful thinking em ação para manter suas dissonâncias cognitivas…

América Latina · autoritarismo · bolivarianismo · demagogia · educação

É brincadeira!

Já não basta nossos “livros didáticos”, nossa “nova mídia estatal”, agora mais essa:

 Chávez lança livro sobre Bolívar e doa para escolas brasileiras

O pior: “O livro contém cem textos atribuídos a Bolívar escritos entre 1805 e 1830 e é financiado pela construtora brasileira Odebrecht, que tem a concessão de grandes obras de infra-estrutura na Venezuela.”

Que belo exemplo! Iniciativas como essa são “louváveis”.

América Latina · bolivarianismo · brasil · esquerda

O hiato entre discurso e prática na esquerda latino-americana

O que leva uma jovem holandesa, com uma vida confortável e a perspectiva de um futuro tranqüilo em seu país, a largar tudo para unir-se à guerrilha colombiana? A pergunta é a primeira coisa que vem à cabeça quando se conhece a história de Tanja Nijmeijer, guerrilheira de 29 anos que fugiu quando seu acampamento foi descoberto pelo Exército colombiano em meados de julho, deixando para trás seu diário com um precioso relato do dia-a-dia dos rebeldes das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc).A julgar pelo conteúdo do caderno, divulgado recentemente pelo jornal colombiano El Tiempo, a resposta parece ser uma mescla de idealismo, ingenuidade e o que alguns analistas definem como “nostalgia da ação revolucionária” – aquela ânsia de encontrar uma causa para lutar, num mundo no qual restou pouco espaço para as grandes ideologias.

Leia tudo que vale a pena. Segundo o diário da tresloucada mocinha, os eternos homenageados em centenas de “fóruns de Porto Alegre” que circulam por aí, entre os promoters de eventos brasileiros, as FARC’s, não passam de um grupo de terroristas (ao invés de representarem uma certa “esperança bolivariana”). Talvez aquele padre cuja extradição nunca sai (um que está bem protegido no Brasil, ao contrário dos boxeadores cubanos…) possa nos dizer algo sobre a sua visão cristã das FARC’s. Ou, sei lá, sobre sua visão cristã do diabo no céu. Deve dar na mesma.