pandemia

Covid-19 – dados abertos (e uma dica)

Passei a colaborar mensalmente com o Brasil.io. Afinal, graças ao pessoal deste ótimo site, tenho o bem público que é a base de dados que tenho utilizado nas minhas estimações diárias sobre a Lei de Zipf (detalhes? Só descer no blog).

Contudo, nos últimos dias, eu já estava chateado pois os dados vinham com uns caracteres estranhos, forçando-me a um repetitivo trabalho de localizar-e-substituir. Bom, como todo preguiçoso, procurei um atalho e a solução deste pessoal, usando LibreOffice funciona.

Talvez ainda valha pedir para que o pessoal do Brasil.io deixe o arquivo mais tratável, mas, veja, é um bem público.

A propósito, uma observação: o número de casos não é necessariamente igual ao do Ministério da Saúde, mas isso está bem explicado na documentação da base de dados. Ah, e o número de casos confirmados deu um salto significativo recentemente. No dia 14/04 eram 482 e, no dia 15/04 passou para 1145 e, no dia 16/04, 1164.