Uncategorized

Incentivos importam: o caso da propaganda gratuita para partidos políticos

Exemplo simples.

“O Brasil assegura aos candidatos tempo de propaganda gratuita na televisão. Paradoxalmente, isso pode aumentar o custo das campanhas, além de contribuir para a fragmentação dos partidos políticos”. [Taylor, M.M. (2018). “A corrupção e as reformas anticorrupção no Brasil”. In: Seligman, M. & Mello, F. “Lobby desvendado…”. Record, p.105]

Em outras palavras, ao dispersar custos e concentrar benefícios, a propaganda gratuita (financiada por todos nós, queiramos ou não = custos dispersos) gera um efeito colateral que foi brilhantemente exposto em um vídeo do Spotniks há alguns meses.

 

Uncategorized

Macroeconomia no Coursera

roro
Você, que sempre se perguntou quem era a “Rô-Rô” de minha apostila antiga de microeconomia, agora já sabe…

Minha amiga Roseli, não satisfeita em reclamar dos seus alunos presenciais, resolveu decuplicar o número de desafetos com seu novo curso virtual no Coursera. Trata-se de um curso de Macroeconomia e, sim, eu o recomendo.

Conheço Roseli de longa data e, apesar das manias e chatices dela (ela diz o mesmo de mim), não tenho como negar (tripla negação para confundir) sua seriedade e competência.