Uncategorized

Fred Williamson me lembra Joseph Schumpeter

Fred Williamson, o ex-jogador de futebol americano e ator tinha um conjunto de três regras – que podemos chamar de “Proposição de Fred Williamson” – para sua participação em filmes. Para ele, ao menos duas das três deveriam ser cumpridas.

Assim, em suas palavras, eis o que chamo de Proposição de Fred Williamson:

1. Eu não podia ser morto

2. Eu tinha que ganhar todas as lutas

3. Eu ficava com a garota no final do filme se quisesse.

Alguém aí se lembrou das três aspirações de Schumpeter? Ou do que disse David Friedman sobre as habilidades necessárias para entender economia?

Talvez eu devesse ter três regras para alguém escolher duas para orientação de dissertações.

Acho que elas seriam: (a) você sempre seguirá minha orientação, aceitando ser repreendido se não o fizer , (b) você assumirá seu protagonismo na sua dissertação, (c) você terá sempre de me convencer de que está no caminho correto.

Uncategorized

A economia em “Willie Dynamite”

willie_dynamite_filmposterEis um dos filmes de Blaxploitation mais úteis para a sala de aula. Lançado com legendas em português há pouco tempo (mas disponível na internet sem as mesmas…procure), este é um filme que traz vários temas de economia para diversas aulas de Economia.

Um resumo da história do filme está aqui e, bem, vamos aos spoilers.

1. Organização Industrial (Cartel) – a tensão óbvia da tentativa de cartelização entre os cafetões por um deles, Bell, logo no início do filme é uma descrição cinematográfica do que vemos em livros-texto de teoria dos jogos. Willie insiste que é um “capitalista” e que não tem “medo de competição”, frustrando o projeto de cartelização. A pergunta principal que ele faz é: “quem decidirá a divisão de lucros”.

2. Economia do Crime – Willie Dynamite (irônico apelido para Willie A. Short, como aprendemos na parte final do filme) é um cafetão e tem que gerenciar suas prostitutas. Não se discute muito como ele se transformou em cafetão, mas as variáveis estão ali para a discussão: a probabilidade de ser pego (em função de sua riqueza e como a mesma é variável conforme alguns policiais buscam prendê-lo a todo o custo, juntamente com a atuação dos cafetões concorrentes).

3. Empreendedorismo – Implícito nos dois itens anteriores, já que Willie tem que agir o tempo todo (e ele não usa auxiliares, gerenciando diretamente as prostitutas, nomeando uma como uma espécie de “braço direito”, mas com pouca autonomia) em prol do sucesso de seu negócio ilegal. Aliás, sobre a gerência deste tipo de negócio, na prática, veja, por exemplo, os dados desta pesquisa.

Finalmente, eis aqui uma pesquisa empírica de alguns antropólogos sobre o tema. O autor principal, inclusive, tem um livro sobre o tema que parece interessante.

Ah, claro, a trilha sonora do filme é uma atração integrante e não deve ser ouvida separadamente (mas isso é o que eu acho). Altamente recomendável.