Incentivos nas prisões norte-coreanas

Falam tanto de valor trabalho e de socialismo, mas na hora de implantar segurança (real ou imaginária) a seus regimes ditatoriais, mostram-se bons conhecedores da Ciência Econômica:

Por causa da maneira como a sociedade norte-coreana é subdividida, da classe hostil à classe central, somente cidadãos ‘confiáveis’ podem trabalhar como guardas. ‘Confiável’, na prática, significa membro da elite abastada. Esses guardas são treinados para desumanizar seus prisioneiros, para vê-los como ‘cães’ ou ‘animais’, e não seres humanos. Também são recompensados por evitarem fugas e, assim, abundam histórias sobre guardas fingindo ajudar um prisioneiro a escapar para atirar nele ou vê-lo ser eletrocutado até a morte na cerca elétrica, antes de arrastar seu corpo de volta a fim de coletar o bônus. [http://www.record.com.br/livro_sinopse.asp?id_livro=29140, p.204-5]

Incentivos funcionam, não é? E já que o assunto da moda é falar de presídios, eis um bônus de leitura para quem não tem fraquezas…

De acordo com algumas poucas testemunhas, os prisioneiros [dos campos de concentração] não têm permissão para manter relações sexuais e, assim, nas prisões mistas, os abortos e o assassinato de recém-nascidos são sancionados pelo Estado. Os abortos forçados são realizados pela injeção de veneno no feto, simplesmente abrindo o útero da mãe ou, se tudo mais falhar, estrangulando a criança assim que nasce. (…) Um ex-prisioneiro descreveu uma tentativa de fuga fracassada. Enquanto o fugitivo jazia espancado no chão, os outros prisioneiros receberam ordens de andar sobre ele, estilhaçando seus ossos e pisoteando seus órgãos até que morresse. [idem, p.205]

Incrivelmente triste, não?

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s