Capacidade estatística e instituições orçamentárias

Working Paper interessante do FMI. Eis o resumo.

Can Statistical Capacity Building Help Reduce Procyclical Fiscal Policy in Developing Countries?

Neree C.G.M. Noumon, Sampawende Tapsoba, Robert York
Abstract:
Few papers have attempted to assess the role of ‘capacity,’ especially in the area of macroeconomic statistics. Consequently, we make an attempt to advance this literature through the construction of a ‘statistical capacity building index,’ and then test its explanatory power on the cyclicality of government spending. Using panel data from 62 developing countries, we find evidence that improvements in this index are associated with less procyclicality of government spending over the period 1990-2012; with the significance of this relationship dependent upon the quality of administrative and technical capacity of budgetary institutions.

Interessante, não? Em tempos como estes, em que a sociedade resolveu se interessar por aspectos da gestão fiscal, nada mais adequado do que começar se perguntando sobre a qualidade das estatísticas (ou mesmo do ensino de estatística, geralmente menosprezado em certos círculos…) mensuradas no país.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s