Uncategorized

Artigo novo publicado – Impactos da Arrecadação Tributária no Crescimento Econômico: Uma análise empírica para países do G20

Mais um artigo publicado (meu 52o). Desta vez, com Rodrigo Fernandez, Gabrielito e Dianifer. Eis o abstract:

ABSTRACT:

The relation with economic growth and the taxation has a prominent position of many policymakers and academic members, for being an important instrument of economic policy, where the use of tax collected by the government should serve to attend the social demands. This work aims to obtain some evidences about the impacts of the tax inflow at the economic growth, using panel data with fixed effect to the member countries of the G20, in a time horizon of 2005 to 2014. For these countries, the empirical results suggest that the effect of government spending, care and income tax revenues have significant effects on GDP growth. On the other hand, taxes on international trade had no effect on the growth of the product. Thus, these results provide evidence that may support the hypothesis that the literature indicates where fiscal policy has statistically significant effects on economic growth.
Keywords: Tax Collection, Economic Growth, the Countries of the G20.

Uncategorized

Econometria aplicada…em português

Já se vão anos desde minha apostila sobre o Eviews que, segundo me dizem, já ajudou muita gente por este país. Recentemente publiquei a apostila para o R (está aqui) e o Vitor Wilher publicou a dele (que não é gratuita e está aqui) e não é que tenho o prazer de saber, por meio do prof. Gabrielito, da FURG, que o pessoal da FEE (órgão estadual do RS) acaba de publicar uma apostila gratuita para o Eviews?

Outro dia o Leo Monasterio me instigou a publicar um post retrospectivo sobre a blogosfera no debate. Não sei se tenho ânimo para tanto, mas eis aqui uma evidência de que a internet e a blogosfera mudaram, inclusive, a forma como aprendemos e também como ensinamos. Apostilas de pacotes econométricos em português a um preço baixo (ou mesmo gratuitas)? Foram anos vendo materiais em inglês e, aos poucos, vemos a mudança aparecer por aqui.

Que ótima notícia!