Pela segunda vez, Verissimo erra ao falar de Economia

Da outra vez, há uns 10 anos, eu me lembro bem, ele trocou até a data da publicação do livro de David Ricardo. Desta vez, ele mostra que, mesmo após este tempo todo, continua não estudando história econômica ou história do pensamento econômico ao citar, no caso, Keynes.

Este é o problema do sujeito que deseja falar de um assunto que não domina. Eu gostaria muito de dizer que matemáticos, cientistas de computação ou engenheiros estão errados. Mas não sou especialista na área. Nem me arrisco.

Há os que se dão ares de sábios – embora o currículo Lattes não seja lá aquelas coisas (e falo de qualidade tanto quanto quantidade do que é publicado – e posam de grandes conhecedores da “metodologia científica”. Sobre estes, realmente, não há o que falar. Sigo a regra do Monasterio dos desvios-padrões (perguntem a ele no Twitter).

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s