Momento “boa conversa” do dia ou: “Piada sobre incentivos baseada em fatos verídicos”

Você entenderá melhor quando ler a seguinte piada que, de fato, aconteceu comigo, ontem. Preparado? Aí vai.

Estavam conversando: uma professora de administração (Isolda), um professor de economia (eu) e um empreendedor de sucesso (Wander), todos ex-colegas de turma de um colégio nos anos 80.

Disse a primeira:

– Eu tento ensinar para os alunos sobre como diferentes incentivos geram diferentes resultados.

Disse o segundo:

– Eu tento ensinar a teoria disto para os meus.

Disse o terceiro:

– Eu faço isso todos os dias.

Moral da história: apenas o último ganhou grana ^_^

Observação: esta piada é uma deliciosa lição de Economia. Como nos lembra Adam Smith, primeiro nos dedicamos a nos especializar para, depois, efetuarmos trocas (McCloskey lembra bem disso aqui). Contextualizo para você a piada. Somos três amigos distanciados por 30 (trinta!) anos de distância desde o colégio. Cada um seguiu seu rumo sem contato com o outro.

De repente, a gente se encontra e começa uma divertida conversa sobre vários tópicos até caírmos neste que nos é comum: como funcionários reagem a diferentes tipos de metas (estou usando as palavras sem a menor preocupação com a exatidão na área da Isolda, na minha e talvez Wander use outros termos para descrever a mesma coisa…espero que você capte a idéia). Neste instante, nós três nos descobrimos estudiosos do mesmo tema, sob diferentes perspectivas.

A conversa não seguiu adiante. Talvez não voltemos a falar do tema. É aquela mágica do instante que fica fotografado no tempo e na memória (o lado pessoal do Shikida vibra) e que também dá insights que nos lembram como a Ciência, quando levada a sério, gera frutos e nos permite conversar e pensar sobre o que conversamos de maneira diferente, mais sólida, com pontes que nos permitem melhorar o nosso entendimento (o lado científico do Shikida vibra).

Esta piada foi gerada quase que instantaneamente em minha mente ao perceber o quão interessante foi o momento de troca – uma troca mínima, é verdade – gerado pela livre conversa entre nós. De certa forma, vale a pena viver. Há estes momentos que superam muitas tristezas e nos fazem rir de forma, digamos, um pouco mais elaborada do que a piada do que esta ou aquela piada de português (que também tem seu valor).

Anúncios

Uma resposta em “Momento “boa conversa” do dia ou: “Piada sobre incentivos baseada em fatos verídicos”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s