“Eu” ou “Nós”?

Akerlof, há anos, vem numa agenda muito interessante de repensar a modelagem da ação microeconômica incorporando (ou importando) aspectos de outras áreas. Vai emplacar? Não sei. Mas é o Akerlof, né?

Veja a última dele.

Increasingly, economists are drawing on concepts from outside economics–such as “norms,” “esteem,” and “identity”–to model agents’ social natures. A key reason for studying such social motivation is to shed light on the conditions that facilitate–or deter–collective action. It has been widely observed, for instance, that groups are more able to engage in collective action when they have a common, group identity. This paper gives one explanation for such a link. The paper develops a new concept, “we thinking”; and it also provides a deeper understanding of the concepts of norms, identity, and esteem.

Legal, né?

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s