A democracia em São Vicente, as instituições e o desenvolvimento

Diz Caldeira [Caldeira, Jorge. “Nem céu nem inferno – ensaios para uma visão renovada da história do Brasil”. Três Estrelas, 2015, p.41]:

(…) São Vicente – primeira vila criada no Brasil – era um local tão ermo que ninguém de ‘maior qualidade’ jamais aparecia. Passaram-se 21 anos até que outra autoridade real, o governador Tomé de Sousa, aportasse ali, em 1553. [Caldeira (2015) : 40]

O trecho acima me faz lembrar de meu primeiro contato com a ótima tese de doutorado do Fernando Zanella, lá pelos idos de 2002. Por conta dele é que escrevi um dos meus primeiros artigos, sobre as capitanias de São Vicente e Pernambuco. Ainda acho o tema interessante e merecedor de mais leituras e estudos. Um dia destes voltarei ao mesmo…

Ah sim, o trecho nos traz de volta a narrativa de que São Vicente, segundo a literatura, prosperou bastante na ausência dos burocratas imperiais (a gente de ‘maior qualidade’ citada acima). Uma hipótese é a de que a cana-de-açúcar tenha sido o fator fundamental, mas há uma questão institucional que Zanella levantou, sobre a importância dos lançados (que alguns autores chamam de tangomanos, embora alguns pesquisadores façam distinção entre ambos) e que tentei modelar no meu artigo de 2003. 

Ainda sobre o tema, há um trabalho empírico, mais recente, tentando verificar os efeitos de longo prazo no desenvolvimento econômico desde as capitanias (ele está aqui), mas eu me lembro de não ter ficado satisfeito com alguma coisa (acho até que comentei aqui no blog…).

De qualquer forma, é um trabalho interessante e, provavelmente, terá que passar por uma revisão devido ao recente redesenho do mapa original das capitanias. Por que? Porque a variável “distância de Portugal”, caso o novo mapa esteja correto, está medida com erro.

p.s. Falando em instituições, o Bruno Salama está com um texto interessante sobre instituições e a política atual brasileira publicado na página do Instituto Liberal.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s